Brasões serão retirados de placas de veículos padrão Mercosul

   Os brasões dos novos modelos de placas de identificação veicular do padrão Mercosul serão retirados. A decisão anunciada nesta quarta-feira, 28, pelo Ministério das Cidades ocorre para atender aos interesses da sociedade e de especialistas, que avaliam que a medida reduz custos e mantém outros importantes itens de segurança na nova placa.

image.png

“Após análise técnica de viabilidade e impacto, decidimos retirar os brasões das novas Placas Padrão Mercosul. Com isso, evitaremos qualquer despesa extra aos condutores de nosso país, embora o objetivo tenha sido desde o início apenas adotar um modelo mundial de identificação veicular e proporcionar mais agilidade por parte da polícia e segurança a todos”, afirmou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O objetivo, desde o início, sempre foi implantar modelo mundial de identificação veicular, no Brasil, que levasse mais segurança ao Sistema Nacional de Trânsito e aos condutores brasileiros.

Captura de Tela 2018-11-28 às 17.09.56

Segundo o Ministério das Cidades, por meio do novo modelo é possível fazer a comunicação entre os departamentos de trânsito de todas as unidades federativas, com o repasse de informações em tempo real.

Com a retirada dos brasões, uma vez emplacado, a placa do veículo permanecerá a mesma por toda a sua vida útil até a baixa no sistema do Registro Nacional de Veículos, o Renavam, sem nenhum gasto extra para o motorista.

No final de outubro, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, deferiu pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), e suspendeu a liminar expedida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª região (TRF-1), sobre as resoluções 729 e 733/2018, autorizando o uso das novas placas Mercosul no Rio de Janeiro.

“A adoção da nova placa veio para oferecer mais segurança aos cidadãos por meio da adoção de um sistema moderno que evita fraudes e clonagens. Com essa decisão o emplacamento no estado do Rio de Janeiro volta à sua normalidade, bem como a implementação do sistema em todo o Brasil até o dia 1º de dezembro/2018” afirmou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Segundo o Ministério das Cidades, a suspensão poderia gerar grandes prejuízos técnicos e econômicos ao país. A medida acarretaria também a impossibilidade de novos emplacamentos e transferências de veículos no estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Terra Networks
Anúncios

DEVO DESLIGAR O AR-CONDICIONADO ANTES DE DAR PARTIDA NO CARRO?

Entrei no carro e coloquei a chave no contato. Nesse momento, percebo que o comando do ar-condicionado está ligado. E aí, devo desligá-lo para acionar o motor ou isso é apenas mito?

“Em geral, os carros mais antigos (carburados) sofriam com esse problema quando não havia carga suficiente para girar o motor de arranque. Mas, há pelo menos dez anos, os carros já podem ser acionados mesmo se o ar estiver ligado”,diz o mecânico de ar-condicionado automotivo e dono da Arcon, Ernesto Miyazaki.

O especialista comenta que os sistemas mais modernos são preparados para atuar mesmo que não haja carga suficiente. Alguns modelos, inclusive, entram em “modo de segurança” para acionar o compressor do ar-condicionado apenas quando a carga estiver ideal, momentos depois da partida. “Em algumas situações o carro nem vai ligar o ar e vai dar preferência para o motor”, afirma o mecânico.

Portanto, você pode ligar o motor do seu carro mesmo que o ar-condicionado esteja ligado, desde que o veículo não tenha mais de 15 anos de uso. “Uma dica é deixar o seletor no modo ventilação, com o ar desligado, quando o destino estiver próximo. Isso ajuda a evitar que o evaporador fique úmido e traga fungos e mal cheiro para a cabine”, conclui Miyazaki.

Fonte Autoesporte

Captura de Tela 2018-11-13 às 13.15.53.png

As Cores de Carros mais Vendidas

Você sabe quais são as cores de carros mais vendidas no Brasil? Hoje vamos te contar quais são as cores de carro mais populares, o que as montadoras querem transmitir na escolha da cor e as vantagens ou desvantagens de cada uma delas.

1° Lugar: Carro Prata

carro-prata

O Carro Prata está em primeiro lugar na lista de cores de carros mais vendidos no Brasil. Sua cor busca refletir a tecnologia.

– Vantagens: Esconde melhor os riscos e é uma das primeiras cores que as pessoas procuram para comprar, o que pode ajudar na hora de revender.

– Desvantagem: O carro prata possui um pigmento que encarece o valor final.

2° Lugar: Carro Preto

carro-preto

O Carro Preto fica em segundo lugar na lista das cores de carros mais vendidas no Brasil e no mundo. Sua cor no mercado automotivo está associada a elegância.

– Vantagem: Tem boa saída, pode ajudar na hora de vender.

– Desvantagens: Absorve muito o calor, está entre as cores de carro que mais sofrem acidentes noturnos porque dificultam a visibilidade de quem vem atrás, além disso os riscos da pintura ficam mais aparentes.

3° Lugar: Carro Cinza

carro-cinza

O Carro Cinza é a terceira opção na lista do consumidor brasileiro. O carro cinza faz parte da tabela de cores de carro preferida por pessoas discretas.

– Vantagem: Não chama muito a atenção.

– Desvantagem: Diferente do carro prata, no carro cinza os riscos ficam mais visíveis.

4° Lugar: Carro Branco

carro-branco

Entre as cores de carro, talvez o carro branco seja o único em que as pessoas compram por ter a sensação de maior espaço interno.

– Vantagem: O carro branco costuma ser mais barato quando comprado 0km.

– Desvantagens: Os riscos e danos ficam muito aparentes e em cidades onde o táxi é branco, a aceitação é menor na hora de vender. Por ser discreto, é mais visado por ladrões.

318_1105921.jpg

5° Lugar: Carro Vermelho

carro-vermelho

O carro vermelho chama a atenção e a cor visa passar adrenalina, por isso ele é geralmente preferido por quem pratica esportes, por mães ou por quem viaja com frequência.

– Vantagem: um carro vermelho é mais barato que um carro com outras cores.

– Desvantagem: Por chamar muito a atenção, pode ser mais difícil vendê-lo.

6° Lugar: Carro Azul

carro-azul

O carro azul está entre as cores de carro com menos saída. Sua cor passa tranquilidade e geralmente é procurado por pessoas mais tranquilas ou tímidas.

– Vantagem: O carro azul tem muitas tonalidades no mercado e o tom mais escuro é tão elegante quanto o carro preto.

– Desvantagens: Um carro azul deixa riscos e sujeiras em evidência.

7° Lugar: Carro Verde

carro-verde

O carro verde é um dos menos vendidos. Sua cor é mais aceita entre pessoas mais calmas e que gostam de natureza.

– Vantagem: Entre as cores de carros, o carro verde tende a ter um bom preço e é menos visado por ladrões.

– Desvantagens: Não esconde muito os riscos e é mais difícil de revender.

Logo depois, finalizando a lista de cores de carros, os que possuem menor interesse pelos consumidores são os carros dourados, amarelos, laranjas e marrons.

 

272_614402.jpg

Blog no WordPress.com.

Acima ↑