Entenda a lei que define a luz diurna de rodagem

O Contran, Conselho Nacional de Trânsito, causou confusão no mercado automobilístico tempos atrás quando decidiu obrigar o uso de faróis baixos na estradas mesmo durante o dia. A prática, comum em outros países, como a Argentina, contribui para evitar acidentes – segundo estatísticas do governo da Suécia, houve 10% menos acidentes após a adoção da luz diurna.

Mas o que governo federal acabou não esclarecendo é que além dos faróis baixos hoje temos os automóveis com a chamada “DRL” (em inglês Daytime Running Lights) que na maior parte deles utiliza o mais eficiente LED como elemento de iluminação. Foi quando surgiu a dúvida: luz de LED também valia como faróis baixos? Demorou mas em maio de 2017 o Contran publicou uma nova resolução em que esclareceu a questão.

Nela as luzes diurnas dos carros passaram a valer e mais: serão obrigatórias em todos os carros fabricados a partir de 2021 e todos os veículos que estiverem rodando no Brasil de 2023 em diante. A medida é importante já que está claro que a adoção da iluminação diurna facilita a detecção de outros veículos trafegando.

blog-farol-drl-2

 

 

No entanto, há muita confusão entre os termos DRL e LED. Qualquer veículo que tenha um DRL não necessariamente utiliza LED, ou seja, instalar um sistema num carro que não originalmente equipado com LED é um erro comum. De acordo com o Contran, “É proibida a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia
que não seja original do fabricante”. Em outras palavras, se seu veículo usa lâmpadas halógenas, as mais comuns do mercado, não poderá mudar isso para LED ou Xenon, por exemplo.

Para ser considerada uma luz diurna de rodagem, como é definida a DRL em português, é preciso que o sistema obedeça a premissa de oferecer uma intensidade de luz de 400 candelas a 1.200 candelas (unidade internacional de medição de luminosidade).

 

fonte: Jocar

 

WhatsApp Image 2018-10-18 at 16.32.51.jpeg

Anúncios

Salão do Automóvel 2018 – SP Novembro

Os ingressos para o Salão do Automóvel de São Paulo 2018 já estão no segundo lote. Ou seja, ficaram um pouco mais caros. Agora, os ingressos individuais custam entre R$ 22 (meia entrada) e R$ 180 (kit individual, inteira), dependendo do dia escolhido.

Mas, há diferença de valores em alguns dias. O ingresso mais barato é para a primeira data do evento, 08 de novembro, quando a inteira sai por R$ 44 (antes era R$ 41,25) e a meia sai por R$ 22. Em seguida, vem os dias 09, 12 ,13 e 14 de novembro, com preços entre R$ 32 (meia) e R$ 64 (inteira). Já os finais de semana e feriado são os dias mais caros: de R$ 40 (meia) a R$ 80 (inteira).

 

O Passaporte, que dá direito a visitar o Salão do Automóvel todos os dias, passou de R$ 300 para R$ 350. Os outros kits especiais seguem sendo vendidos com os mesmos preços do primeiro lote.

Além dos ingressos individuais, há opção de comprar alguns pacotes especiais. O mais barato, de R$ 130, dá direito a um acesso ao salão, independente do dia. Já o mais caro, de R$ 3.500, é um pacote com dois ingressos, uma diária em um hotel para duas pessoas, carona para o evento em um carro de luxo com motorista, além de um crachá colecionável, acesso a um lounge VIP e pulseira para acesso ao Espaço dos Sonhos, onde serão expostos carros de luxo.

salao-do-automovel-hyundai-creta-stc-concept-surpreende-e-sugere-uma-picape-anti-toro
Confira todos os preços de ingressos do Salão de São Paulo 2018

08/11

Ingresso diário meia: R$ 22,00
Ingresso diário inteira: R$ 44,00
Kit fã – Sport: R$ 180
Kit fã – Speed: R$ 180
Kit fã – Música: R$ 180
Kit fã – Classic: R$ 180
Kit fã – Love: R$ 180
Kit fã – 4×4: R$ 180

09, 12, 13 e 14/11

Ingresso diário meia: R$ 32,00
Ingresso diário inteira: R$ 64,00
Kit fã – Sport: R$ 180
Kit fã – Speed: R$ 180
Kit fã – Música: R$ 180
Kit fã – Classic: R$ 180
Kit fã – Love: R$ 180
Kit fã – 4×4: R$ 180

10, 11, 15, 16, 17 e 18/11

Ingresso diário meia: R$ 40,00
Ingresso diário inteira: R$ 80,00
Kit fã – Sport: R$ 180
Kit fã – Speed: R$ 180
Kit fã – Música: R$ 180
Kit fã – Classic: R$ 180
Kit fã – Energy: R$ 180
Kit fã – Love: R$ 180
Kit fã – 4×4: R$ 180

Pacotes especiais

Ingresso Nitro (direito a 1 acesso, visita única qualquer dia do evento): R$ 130

Ingresso Passaporte (ingresso para todos os dias): R$ 350

VIP (direito a 1 acesso qualquer dia do evento + vallet + espaço dos sonhos): R$ 370

Box Super fã (1 acesso, qualquer dia do evento): R$ 400

Premium (2 ingressos +1 noite de hospedagem para 2 pessoas em hotel + ida ao Salão em carro de luxo com motorista + crachá exclusivo colecionável + acesso ao lounge vip + pulseira espaço dos sonhos): R$ 3.500

Serviço

30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2018
Quando: de 8 a 18 de novembro
Onde: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5, Água Funda – São Paulo
Horário: 08 e 10 de novembro – 14h às 22h / 11 a 18 de novembro – 13h às 22h

 

fonte: Revista Autoesporte

 

311_77824CIVIC312_102400CRUZE

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑