Rightsizing

A era dos motores de menor cilindrada com propulsores ajudados pelo turbo, chamado de downsizing, parece estar com os dias contados.

_sp_9541

Testes realizados na Europa, com os motores sobrealimentados, mostrou que eles tendem a superaquecer quando os turbos (geralmente de tamanho reduzido) têm sua força exigida ao máximo, de modo a sobrecarregar todo o sistema.

Nessas situações são verificados aumentos na emissão de poluentes como CO2, óxidos de nitrogênio, hidrocarbonetos não queimados e monóxido de carbono.

Algumas marcas já encaminham ajustes na motorização, a Volks anunciou a troca do motor 1.4 tsi pelo 1.5 tsi.

Especialistas do setor já falam no chamado rightsizing, que seria algo como “o motor ideal para o tamanho do carro”.

Vamos aguardar cenas do próximo capítulo!

Logotipos - Netcar RC_C_Verde_2

 

 

 

Anúncios

Mercado Automotivo deve crescer 10% em 2018

A gente já falou por aqui sobre as projeções positivas para o mercado automotivo em 2018. O cenário positivo tem base na queda de juros, na retomada de confiança na economia, fim da recessão e redução do desemprego.

Matéria Completa no link: https://wp.me/p6o6Xl-c2

Na semana que passou, em evento em São Paulo, o presidente da ANFAVEA (Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores), Antonio Megale, reforçou a projeção de crescimento do mercado para o próximo ano e até arriscou um palpite, em torno de 10% (em comparação ao desempenho de 2017).

1

 

 

Segundo Megale, estamos nos aproximando do momento de renovação da frota de carros comercializados em 2013, quando os brasileiros compraram mais de 3,7 milhões de veículos – 68% a mais do que o previsto a este ano – e observa que a economia vem se descolando da política, de forma que as eleições de 2018 não devem contaminar o ambiente de negócios.

Outro dado importante refere-se a produção de veículos, embalada não só pela recuperação do consumo interno, mas também pelas exportações, que deve ultrapassar a marca de 3 milhões de veículos em um ou dois anos, saindo de 2,7 milhões de unidades previstas para 2017. Essa retomada de atividade vai ajudar o setor a usar melhor sua capacidade instalada, que mostra hoje uma ociosidade ao redor de 50%.

A projeção é de bons números para 2018 e abertura de novos postos de trabalho.

Acesse www.netcar-rc.com.br , confira nosso estoque atualizado de veículos.

Pneu Run Flat

Você já ouviu falar em pneu run flat? Run o que? Calma que a gente explica!

Esta tecnologia surgiu lá em 1930 e atualmente equipa em torno de 15% da frota de veículos do mercado americano. A ideia é um reforço da estrutura do pneu para que, mesmo sem ar (provocado por um furo ou rasgo) ele possa rodar até 80 km numa velocidade de até 80 km/h.

Na figura abaixo, num corte transversal, fica fácil perceber que o pneu run flat (primeira figura) possui as laterais mais reforçadas que o pneu normal:

Pneu2

Além da vantagem de segurança (afinal quem aqui revisa toda hora o estado do estepe…) e amplia a capacidade de carga no porta-malas ao eliminar a necessidade de pneu reserva.

No Brasil algumas marcas já atuam com este pneu, caso da BMW, Mercedes-Benz, Audi, Porsche e Mini.

 

Tesla anuncia caminhão!

Olhe com atenção para a foto abaixo:

CaminhãoTesla

Esta é a cabine do caminhão elétrico da Tesla, que será lançado em 2019 nos EUA. Os detalhes de fabricação ainda não foram confirmados, mas o projeto foi apresentado na semana passada e já aceita reservas no valor de US$ 5.000,00.

O veículo pesado poderá transportar até 36 toneladas, terá autonomia de 800km com uma carga de bateria e aceleração de 0 à 96km/h em 5 segundos.

Ao todo são 4 motores elétricos independentes (um para cada roda), transmissão que não necessita de troca de marchas e um sistema de freios regenerativo.

A expectativa da empresa é que o custo por km rodado seja inferior ao custo do transporte por ferrovias, uma vez que os modelos autônomos poderão rodar em comboio e somente o primeiro da fila demandará motorista.

Caminhão2

Não portar licenciamento do veículo não é mais infração.

Talvez você ainda não saiba mas desde 1º de Dezembro de 2016 caso você seja parado em uma blitz/fiscalização de trânsito e não esteja portanto o documento de rodar do veículo (licenciamento atual) você pode não ser multado. Para isto basta que o agente fiscalizador consiga confirmar a situação regular do veículo.

Mas atenção: o documento segue sendo de porte obrigatório, o que acontece agora é que esta alteração da legislação incluiu o parágrafo único no artigo 133 do CTB que assim descreve: “O porte será dispensado quando, no momento da fiscalização, for possível ter acesso ao devido sistema informatizado para verificar se o veículo está licenciado”. Isso quer dizer que se numa abordagem de fiscalização de trânsito você não encontrar o documento do veículo, provavelmente por esquecimento em outro local, e o agente da fiscalização tiver os meios para consultar a situação do veículo no sistema do DETRAN, você será liberado e não será multado na infração do artigo 232 do CTB, que é a que prevê multa para quem não porta documentos obrigatórios.

 

How-to-become-a-traffic-officer-HATO.jpg

Nossa sugestão é a seguinte: porte sempre o seu documento do veículo, pois não vale a pena correr o risco de perder o hábito de portar o documento. Porém, caso você esqueça, saiba do direito que tem de não ser autuado se o agente efetuar a consulta.

 

Você já ouviu falar em ISOFIX?

Isofix

Isofix é um sistema internacional de cadeira auto. Permite instalar a cadeira auto da forma mais segura e sem a utilização dos cintos de segurança do automóvel.

Isofix oferece:

– Uma conexão rígida e permanente entre a cadeira e o chassi do carro, que em caso de travagem brusca ou acidente, menos força de impacto será absorvida pela criança.

– Um sistema que prova ser excepcionalmente seguro nos teste de segurança.

– Instalação rápida e fácil.

 

Isofix ou cinto de três pontos? (diferença)

Especialistas afirmam que a cadeirinha presa de forma adequada com o cinto de segurança e tão segura quanto a fixada com isofix. O problema é que a instalação com o cinto não é tão simples e há risco de deixar a cadeira solta ou mal colocada. No entanto, nos testes feitos pelos programas que medem a segurança dos carros novos, os veículos mais bem avaliados em segurança infantil possuíam o isofix.

Por exemplo: Volkswagen/UP e Ford/Ecosport.

Isofix será obrigatório à partir do ano que vem.

À partir de 2018, o CONTRAN (conselho nacional de transito) obrigará todo novo projeto de automóvel, SUV e picape dupla a ter pontos de ancoragem para as cadeirinhas. Dois anos depois em (2020) , a regra passará a valer para todos os modelos à venda no Brasil.

5658cdefcc505d1bd79633adisofix-1

Blog no WordPress.com.

Acima ↑