Sistema Anti-esmagamento Vidros Elétricos

Os sistemas de vidros elétricos anti-esmagamento são considerados um grande avanço na segurança, no que diz respeito a acidentes automobilísticos não relacionados ao trânsito. Historicamente, a implementação de vidros elétricos comuns representou um aumento de segurança significativo em relação aos vidros manuais.

Vidros de carro com fechamento manual eram arriscados, especialmente perto de crianças ou pessoas distraídas com o trânsito ou sons externos ao carro, e eram responsáveis diversos casos de esmagamento e sufocamento acidental.

Por outro lado, a implementação dos vidros elétricos – ao mesmo tempo em que deu mais controle ao motorista, no que diz respeito à possibilidade de evitar acidentes com crianças – gerou um sistema capaz de gerar força suficiente para machucar, quebrar e esmagar parte mais sensíveis do corpo humano, em especial os dedos.

O passo seguinte nas medidas de segurança é, portanto, a implementação de vidros elétricos anti-esmagamento. Embora já existam há algum tempo, estes sistemas não estão instalados em todos os carros. Apesar de parecer um dispositivo que ofereça poucos benefícios para quem nunca passou por um acidente do tipo, é necessário considerar que anualmente há milhares de casos de esmagamento em função dos vidros elétricos.

Saiba mais o que são os sistemas de vidros elétricos anti-esmagamento, como funcionam e qual a sua importância:

vidros-eletricos-anti-esmagamento

Casos de acidentes

No Brasil, há cerca de sete mortes registradas causadas por vidros elétricos. O número parece pequeno, mas não é – por dois fatores em especial:

Em primeiro lugar, todo vidro elétrico com função de fechamento automático (sem que o usuário esteja apertando o botão constantemente para que o vidro abra ou feche) precisa – por lei – possuir o sistema anti-esmagamento. Isso quer dizer que cada uma destas mortes ocorreu por não presença ou falha no sistema de segurança exigido.

Além disso, os sete acidentes ocorreram com crianças – que é, exatamente, o público que deveria ser mais protegido pelo sistema.

Nos EUA, onde não há regulamentação a respeito do sistema de travamento, há um total de 40 milhões de registros de acidentes com o fechamento de vidros e mais de cinquenta mortes na última década.

O que diz a lei?

No Brasil, a regulamentação que trata dos sistemas de segurança para vidros elétricos é definida desde 1992 através de uma resolução da CONTRAN, de número 762. Os vidros elétricos anti-esmagamento podem ser implementados em três situações diferentes, de acordo com a tecnologia que o carro possui para eles.

No caso de carros com sistema one touch (onde um único toque no botão é capaz de baixar ou levantar todo o vidro), é necessário que a função anti-esmagamento esteja implementada. O mesmo ocorre para veículos que fecham o vidros automaticamente, de acordo com o comando das chaves do carro ou outros sistemas automatizados e remotos.

Já em carros onde não há o one touch e é necessário que o botão seja pressionado de maneira simultânea a seu movimento, a resolução 762 não exige que haja sistema anti-esmagamento.

Kit Vidro Elétrico - Carro 2 Pts - Sensorizado_240625443275463

Manutenção de sistemas de vidros elétricos

Em geral, os vidros elétricos são construídos com a garantia de funcionamento apropriados por trinta mil ciclos de abertura e fechamento. Em uma utilização regular, isso é mais do que o suficiente para que o motorista não se preocupe com a questão até levar o veículo para a próxima revisão.

Se você não costuma cumprir a recomendação de revisões, no entanto, é essencial que leve o carro a um mecânico para conferir, ao menos, se o sistema de fechamento não apresenta nenhum risco para você e sua família.

 

Fonte: http://qcveiculos.com.br/vidros-eletricos-anti-esmagamento/
Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑