O mito dos 100 mil km rodados!

Nota-se no Brasil que a maioria dos consumidores possui sérias restrições para aquisição de veículos com quilometragem próxima ou acima dos 100 mil km.Ainda que as razões que explicam tal fenômeno sejam de difícil compreensão a percepção do cliente é de que ao chegar nesta km o veículo sofre um desmanche ou apresenta um risco de manutenção muito elevada, como se houvesse acumulo de toda a km rodada.

O fato é que a km indica o QUANTO o veículo foi usado porém, não informa COMO ele foi usado. 3.pngEm nosso dia-a-dia de avaliações é comum nos depararmos com veículos de baixa km e sem histórico de manutenção preventiva. Processos simples de troca de óleo, filtro, rodízio de pneus que deixam de ser feitos e prejudicam o estado do veículo.

O contrário também ocorre. Seguidamente avaliamos automóveis com mais de 100 mil km que parecem saídos de uma concessionária. Revisões realizadas em dia, manutenção ok e sem necessidade de qualquer reparo.

Então fica combinado, na hora de escolher seu carro, considere a km um item a ser somado numa série de itens fundamentais para escolha: procedência, revisões, histórico de uso, aparência estética entre outros.

Se quiser saber mais sobre o assunto e conferir os cuidados com a manutenção do seu veículo confere nossos post anterior:

Cuidar de seu carro é um ótimo investimento

Anúncios

Blog no WordPress.com.

Acima ↑